Concerto Natalino junta arte erudita e popular e emociona plateia na Catedral de Natal

23/12/2017   11h13

 

Este ano o Concerto Natalino na Catedral Metropolitana de Natal, realizado nesta sexta-feira, 22, conseguiu superar o do ano passado, que já foi maravilhoso e extasiou a platéia. Porque além da apresentação da SESI Big Band e da Camerata de Vozes do RN foram acrescentadas participações especiais da Banda Filarmônica de Cruzeta e do Boi de Reis de Manoel Marinheiro. Popular e erudito ocupando o mesmo espaço e mostrando que não existe fronteira entre as diversas, e no caso brasileiro, ricas manifestações artísticas, tornaram o evento emocionante e inesquecível. Confira Galeria de Fotos no Final.

 

O evento foi acompanhado pelo presidente do Sistema FIERN (FIERN, SESI, SENAI e IEL), Amaro Sales de Araújo, sua esposa Fátima Sales, os superintendentes do SESI-RN, Juliano Martins, e de Estratégia e Articulação, Hélder Maranhão, e pela Gerente de Cultura, Esportes e Lazer do SESI-RN Daniella Cerveira.

 

A Igreja esteve representada pelo Arcebispo de Natal Dom Jaime Vieira, que fez uma saudação aos presentes, enalteceu o trabalho desempenhado na área cultural pelo Sistema FIERN, que mantém a SESI Big Band, e também ressaltou a importância do projeto social Conexão Felipe Camarão, voltado para crianças e adolescentes e que se apresentou na Catedral com o Boi de Reis. O Arcebispo também desejou a todos um natal de amor, esperança e paz, com o Cristo no coração.

 

Sob as batutas dos maestros Monsenhor Pedro Ferreira, da Camerata, Eugênio Graça, SESI Big Band, de Bembem Dantas, Banda de Cruzeta, da maestrina Tércia Maria Souza, Camerata, e com solos especiais das sopranos, em algumas músicas, Alzeny Nelo e Ângela Maria do Nascimento, a Catedral de Natal viveu mais uma noite memorável.

 

O repertório foi voltado para músicas natalinas, como “Aleluia”, de Handel, “Nasceu o Deus Menino em Belém”, de Bach, “Ave Maria”, de Giulio Caccini e “Christus Natus est”, de Demenico Bartolucci. Mas também incorporou composições como adaptações de “Valsa das Flores”, de Tchaikovsky, e “Fantasie Impronptu”, de Chopin, ambas pela Big Band.

 

O Concerto foi uma realização conjunta do Governo do Estado, através da Fundação José Augusto, Sistema FIERN, por meio do SESI-RN, e Arquidiocese de Natal.

 

[ape-gallery 10287]