Com apoio do SESI e do SENAI, empresa conquista prêmio nacional da Coca-Cola

26/02/2018   15h30

 

 

A fábrica da Solar Cola-Cola de Várzea Grande, em Mato Grosso, ficou em primeiro lugar no Prêmio da Qualidade, promovido pela Coca-Cola Brasil. É a primeira vez que a unidade recebe o prêmio, que reconhece as melhores práticas de gestão do Sistema Coca-Cola no país.

 

Os tópicos para pontuação no Prêmio da Qualidade são baseados no Modelo de Excelência da Gestão® (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

 

Para o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), de Mato Grosso, a conquista teve um sabor especial: o da parceria. No caso do SESI Mato Grosso, parceiro da Solar em diversos serviços desde 2013, a entrega de um laudo de vibração antes do prazo previsto permitiu que o documento fosse incluído na premiação em tempo hábil.

 

Já a atuação do SENAI Mato Grosso se deu por meio do programa Quali MT, do qual a Solar participou nas duas últimas edições. “O reconhecimento do Sistema de Gestão por uma entidade estadual contribui fortemente para o alcance do prêmio, por isso ficamos muito felizes ao saber que fizemos parte dessa conquista tão importante para uma indústria mato-grossense”, comenta a responsável pela condução do Quali no SENAI, Elena Gomes de Paiva Ferreira.

 

A diretora do SENAI e superintendente do SESI Mato Grosso, Lélia Brun, participou da premiação. “É uma enorme satisfação quando percebemos uma atuação integrada e aderente às nossas estratégias e valores. Não tem preço ver uma indústria mato-grossense ser celebrada por uma conquista para a qual tivemos a honra de contribuir. A Solar Coca-Cola está de parabéns e tem, no SESI e no SENAI, parceiros incondicionais”, afirma.

 

A coordenadora do Sistema de Gestão Integrado da Solar, Lenise Iolanda de Lima Ramos, ressaltou a relevância da parceria. “A participação da Solar no Quali foi de extrema importância para este prêmio, assim como a parceria com o SESI”, destacou.

 

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), Wilmar Franzner, e o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Carlos Avalone Júnior, também diretor da FIEMT.

 

RECONHECIMENTO – Segunda maior engarrafadora do Sistema Coca-Cola, a Solar Brasil está entre os 15 maiores fabricantes mundiais da marca. Resultado de uma fusão de engarrafadoras brasileiras – entre elas a antiga Renosa, de Mato Grosso – a empresa já conhecia o resultado da premiação desde dezembro. Porém, o presidente Mário Veronezi fez questão de realizar uma cerimônia dentro da unidade. “Poderíamos estar em outro ambiente, mas este é o nosso. E o mérito dessa premiação é do time”, disse.

 

“Mato Grosso vencer pela primeira vez é o reconhecimento do trabalho de equipe e materializa os valores da Solar: Inconformismo Construtivo, Senso de Propriedade e Paixão. Esse prêmio é um legado que demonstra o amadurecimento das práticas de gestão operacional de todas as áreas da nossa organização. Para a Solar, a excelência operacional é uma prioridade e representa a união de todos os esforços dos profissionais que se dedicam, dia a dia após a dia, à melhoria contínua dos nossos processos”, destaca Leandro Errante, Gerente Industrial da empresa.