Método inovador de educação de jovens e adultos do SESI é destaque do programa Conexão Futura

7/05/2018   14h15

A nova metodologia para a educação de jovens e adultos (EJA) desenvolvida pelo Serviço Social da Indústria (SESI) foi destaque no programa Conexão Futura, do canal Futura na última quinta-feira (3). Entre as inovações estão o reconhecimento de conhecimentos prévios e currículo mais conectado à realidade profissional dos alunos.

 

“Com isso, conseguimos reduzir o tempo de permanência dos estudantes na EJA”, explicou o gerente-executivo de Educação do SESI, Sérgio Gotti, que participou do programa juntamente com o coordenador do Observatório Jovem da Universidade Federal Fluminense (UFF), Paulo Carrano, a coordenadora de Projetos da Fundação Roberto Marinho, Sandra Portugal, e o assessor do Ministério da Educação (MEC) Luciano Barbosa.

 

A apresentadora do programa, Karen Souza, elogiou a iniciativa do SESI. “Com essa metodologia, o SESI trata o adulto como alguém autônomo e mostra como ter respeito pela história das pessoas”, afirmou Karen.

 

Gotti destacou que o currículo da Nova EJA prevê 20% de aulas presenciais e 80% a distância e há ainda a modalidade EJA Profissionalizante, ofertada em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

 

“Cerca de 48% dos trabalhadores da indústria não têm a educação básica completa ou capacitação profissional. Com esse formato, conseguimos completar a escolaridade do trabalhador e oferecer também uma qualificação ao profissional do setor”, disse Gotti.

 

Se desejar conferir, o programa completo está no Futura Play. Interessados em cursar a EJA podem procurar o SESI em seu estado a qualquer época do ano. De acordo com dados do Censo 2017, quase 3 milhões de alunos fazem, atualmente, EJA no Brasil.

Fonte: CNI